Marcação de visita






Dois anos após a morte de João Valsassina, a data foi assinalada com a plantação de quatro pinheiros na Quinta das Teresinhas junto ao local onde tantas vezes almoçava.

João Valsassina liderou o Colégio entre 2000 e 2018 destacando-se pelo dinamismo, sentido de modernidade e humanismo, manteve-se sempre fiel a um projeto que dura há 120 anos e no qual participou ativamente desde o final dos anos 1970.

 

« Porquê um Pinheiro...

O pinheiro, de que o João tanto gostava, está associado, no Dicionário dos Símbolos, à força, à robustez, ao vigor, à honestidade e à imortalidade.

Ignoro se ele conhecia esta simbologia, mas tem muito a ver com ele.

A Força, com que empreendia tarefas, definindo caminhos com pragmatismo, e encarando o trabalho como uma missão.

A Honestidade e Frontalidade , que o levava às, vezes, a extremos , não escondendo os seus sentimentos , porém que transmitia confiança nas decisões, mesmo difíceis.

A Robustez moral , que pode abalar-se, como o vento abana os troncos nos pinhais, mas que se reerguia sempre, depois da tempestade.

Tal como eu, ele acreditava na Imortalidade, numa dimensão religiosa, mas há uma dimensão mais terrena. é o que Camões exprime na Proposição de Os Lusíadas:

" Aqueles que por obras valerosas

   Se vão da Lei da Morte libertando"

E o João ficará na Memória da Família, dos Amigos e também nos milhares de alunos, professores, funcionários, que o acompanharam na sua vida de Director.

A sua obra manter-se-á, como a dos bisavós, avós, pais, e será mantida por todos, por longos anos.

Ele soube preparar esse caminho e nesta época tão dura, sabemos como o preparou bem. 

Um beijo amigo »

Maria Alda Soares Silva